Temporada de Natal aumenta oferta de emprego

Com o aumento na demanda de consumidores que vão às compras de fim de ano, grande parte das lojas expande o número de funcionários, gerando o chamado “emprego temporário”.

Rosimeri Back – primeirapauta.ielusc@gmail.com

Para o Natal deste ano, estarão disponíveis 113 mil vagas de trabalho temporário em todo o Brasil. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a estimativa é que 37% desses funcionários possam ser efetivados ao final do contrato temporário. Isso representa 42 mil brasileiros que terão registro garantido na Carteira de Trabalho até o final da temporada. Em Santa Catarina, a previsão é de 8 mil novas vagas, segundo a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina.

O Sul é a segunda região que abre mais vagas para empregos temporários. Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná somam 20,34% de contratações, ficando atrás apenas da Região Sudeste, que lidera com 55,35% do total do país. Os dados divulgados pelo MTE são da Associação Brasileira de Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Assertem).

As funções tradicionais mais procuradas na época de festas são vendedor, empacotador, estoquista, auxiliar de crédito, fiscal de loja, além de funcionários para hotéis, restaurantes e similares. Outra função cujas vagas aumentam cada vez mais é a de atendente de telemarketing, principalmente, no atendimento 24 horas.

Esse tipo de serviço tem mais vagas nas empresas específicas do ramo, como os call centers que prestam serviço às operadoras de telefonia móvel. Com as promoções oferecidas no Natal, o número de clientes cadastrados cresce muito e, conseqüentemente, aumentam as ligações para esse tipo de atendimento cujo tempo de espera na linha deverá ser de no máximo 1 minuto a partir de dezembro.