Jovens trocam refrigerante por cafezinho

A qualidade na hora de fazer e servir o famoso cafézinho conquista clientes. Em algumas confeitarias,  ele chega a ser responsável por 80% das vendas. “Acredito que são os mais pedidos porque são os mais rápidos de serem feitos”, afirma a responsável por uma padaria central de Joinville.

Carolina Wanzuita – carolinawanzuita@hotmail.com

Seja em qualquer horário, não há quem resista à famosa “pausa para o café”. Sem dúvida, a bebida é uma das mais populares do Brasil, independente do tipo: expresso, cappucino, puro, com leite, ou das mais variadas maneiras. Prova disso, é que existe até o Dia Nacional do Café, comemorado em 24 de maio.

O café representa 80% do total das vendas diárias na confeitaria Amor & Canela, na Rua Princesa Isabel, em Joinville (SC). “É bastante significativo o número de cafés que se vende aqui”, contou Michele Negherbon, que coordena o estabelecimento. Segundo ela, não há um horário específico para as pessoas pedirem o café, em qualquer horário a bebida sempre é solicitada.“Acho estranho que muitos adolescentes preferem o café ao invés de refrigerante,” disse Michele. Ela conta que o número de jovens que freqüentam a confeitaria e são clientes do cafezinho é bastante expressivo. “Muitos deles pedem as duas coisas: o suco ou refrigerante, e o café”.

Na loja se gasta 1 quilo e meio de café por dia, sendo que em cada xícara vão oito gramas de café. Ao todo, 188 xícaras. No ranking dos “mais pedidos” estão o café expresso, o carioca e o cappucino. “Acredito que são os mais pedidos porque são os mais rápidos de serem feitos. Tem tipos de café que são vendidos nos finais de semana, aqueles que as pessoas têm tempo de esperar, apreciar”, explicou Michele.

O café custa entre R$ 5,50 e R$ 2 reais. Um dos mais pedidos aos finais de semana é o café bombom (na foto acima). É composto por chocolate ou leite condensado, chantilly e café. O orange coffee (café com licor de laranja), o chocafé (café e chocolate) e o café vienense (café, chocolate e creme de leite) também estão na categoria dos “apreciativos”. São verdadeiras obras de arte.

A confeitaria é a única que faz a tortaTiramisu,em que o café é um dos ingredientes. O famoso doce italiano é elaborado com creme suave à base de queijo mascarpone com savoiardi (bolacha) embebida no café expresso. A cobertura é composta de cacau em pó.

Na dose certa, o café reduz o colesterol, auxilia no combate a doenças coronarianas. Proporciona efeitos antidepressivos e reduz o risco do Mal de Parkinson. Além disso, protege contra diabetes do tipo dois. O café ainda desenvolve ação antioxidante e auxilia em processos de emagrecimento e na prevenção de alguns tipos de câncer (cólon e reto). Leia aquios benefícios do café.

Conheça maissobre a história do café no mundo e no Brasil.