Grupo Arueira: o toque popular brasileiro de Joinville

O grupo musical produz o primeiro álbum com características da brasilidade e do regionalismo

Daniela do Canto – cantodaniela@gmail.com

A musicalidade do grupo joinvilense Arueira traz a brasilidade regional nas suas canções. O grupo está finalizando a gravação do primeiro CD, que sairá entre final deste ano e início de 2009. Eles estão com 15 anos de carreira, resgatando o som de várias partes do país. Os músicos estão na fase de produção. Paralelo a esse trabalho, fazem algumas apresentações em bares, quando convidados, e tocam em eventos fechados. Mas, no momento, a ênfase é o álbum que vai chegar por aí.

O ritmo característico deles é o Reggae. “Gostamos de dizer que tocamos música brasileira com a levada do reggae”, diz Newton Grande, percussionista da banda. Além de valorizar a influência musical de cada integrante na composição, eles fizeram uma pesquisa musical regional para enriquecer o repertório. O resultado são músicas com uma pitada das regiões de Minas (caipira), Santa Catarina (boi de mamão), Rio Grande do Sul (maçambique), Rio de Janeiro (chorinho e samba) e do Nordeste (maracatu, baião, xote) . Essas características formam a identidade musical da banda.

O Arueira, apesar de tocar pouco em Joinville, tem um público fiel que recebe as notícias e a agenda do grupo através de email ou meios de comunicação. Desta forma esse público pode assistir aos shows.

Dificuldades

Newton afirma que fazer música numa cidade alegre e festiva como Joinville, com toda essa gama de criatividade não é tarefa difícil e, hoje em dia, com a facilidade de acesso a informações que se tem via tecnologia, o trabalho se torna mais prazeroso ainda. Porém, a banda passa por alguns problemas ao tocar na cidade. “As dificuldades que encontramos são sempre no que diz respeito ao espaço físico para comportar um sexteto e nosso instrumental, aliado ao custo que dificilmente alguma casa noturna pagaria a uma banda não comercial”, relatam os músicos.

As apresentações mostram o objetivo que a banda tem de popularizar músicas de cantores como Alceu Valença, Caetano Veloso, Chico Buarque, Zé Ramalho, Gilberto Gil, Belchior, Lenine e Zeca Baleiro, intercaladas com as composições próprias.

Os musicistas escolhem canções que tem afinidade com cada um deles. O propósito é passar esse sentimento musical para quem vai ouvi-los. No repertório dos shows eles costumam cantar músicas conhecidas, do estilo deles e também as músicas que não fazem parte do cenário comercial chamadas de “lado B”, sempre incluindo as próprias composições. A banda tem o conhecimento de que a mídia tem um segmento comercial e quase não toca a música regional. Na contramão, o Arueira lembra sempre o regionalismo nas suas músicas.

O Grupo Arueira surgiu no início de 1995, fundado pelos músicos Dentinho (voz e violão), Formiga (baixo), Lucas (guitarra e violão) e Robson (bateria), para atender um pedido da FUNARTE para participar do Projeto Pixinguinha. Em 2005, para comemorar os 10 anos de formação do Grupo, foram convidados a participar do show “Nos Trilhos da Estação” os músicos Jackson Araújo (piano, sanfona e Teclados), Jorge Pires (flautas) e Newton Grande (percussão).

Essa influência dos ritmos reconhecidamente brasileiros fica evidente até nos dias de hoje através da formação atual da banda, que conta com Dentinho, Formiga, Jorge Pires, Jackson Araújo, Jonas Nascimento e Newton Grande.

Anúncios

Uma resposta

  1. […] Brasilidade e regionalismo é a característica da banda Arueira […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: